Taxas de crédito privado na Suíça: Proibição de taxas de processamento de corretagem de empréstimos -

Taxas de crédito privado na Suíça: Proibição de taxas de processamento de corretagem de empréstimos

Admin

taxas de processamento sem custo credito emprestimo

Na Suíça, não é permitida a cobrança de taxas aos intermediários de crédito, o agenciamento de crédito deve portanto ser gratuito. Se ainda lhe estiver a ser cobrada uma taxa de agenciamento de crédito, deve recorrer aos serviços de um fornecedor de crédito que seja sério e respeitável e que obedeça às leis aplicáveis.

Esta lei em que se diz que não deve ser solicitada nenhuma taxa na negociação de um crédito, pode ser encontrada na legislação sob o nome de Lei Federal sobre o Crédito de Consumo número 221.214.1. Esta lei que é aplicável na Suíça, tem como objetivo proteger o mutuário, ou seja a pessoa que pede o crédito. De acordo com o artigo 35 desta Lei de Crédito ao Consumo, aplicam-se as seguintes disposições à negociação de créditos:
1 1. Ao consumidor ou ao mutuário de crédito não deve ser pedida nenhuma compensação pelo pedido de um crédito ao consumo;
2 2. O custo total das despesas com o preenchimento do formulário de intermediação do crédito (artigos 5 e 34, parágrafo 1) não pode ser cobrado separadamente ao consumidor.

Certifique-se então quando pede um crédito pessoal de que não lhes estão a ser cobradas taxas de negociação de um crédito, pois isso é proibido por lei. As taxas de processamento de empréstimos são raras. No entanto existem bancos que cobram uma taxa de abertura de conta. Graças às comparações efetuadas pelo Mutuo SA, pode comparar as melhores ofertas de crédito existentes e encontrar o melhor empréstimo pessoal para si. Naturalmente haverá lugar à cobrança dos custos de organização do empréstimo.


Comments are closed.

Tópicos Relacionados

Faça o seu pedido de empréstimo :


Exemplo de calculo representativo: 10‘000 CHF – período 12 meses:
Custo dos juros por 10.000 CHF – mínimo 240 CHF –
e máximo de 520 CHF – por ano.
Taxa de juro com uma TAEG entre 4.5% e 9.9%.
A concessão de um contrato de crédito é proibido sempre que cause um endividamento excessivo do cliente (Art. 3 UWG).